Acuado, Mamoré joga mal e perde para o Uberaba

O Mamoré foi completamente dominado pelo Uberaba neste sábado (24), pela 2ª rodada do Campeonato Mineiro Módulo II. Errando no posicionamento, nos passes e na marcação, o time esmeraldino mal conseguiu passar do meio de campo nos primeiros dez minutos de jogo, e se viu dominado na maior parte da primeira metade do jogo. O Uberaba insistia nas jogadas pelas laterais, e criou boas oportunidades.

A etapa inicial do jogo começou com um estranho domínio dos donos da casa. Ditando o ritmo da partida, o Zebu fez o primeiro gol da vitória aos 5 minutos.  Depois do lance, o Uberaba ainda teve mais uma chance de aumentar o marcador. Com o resultado, o time da casa passou a dominar a partida, tomando o controle das ações de ataque. Os colorados, Crispim e Tuxa quase marcaram, mas foi o artilheiro Sidney que voltar a marcar aos 22 minutos.

A resposta do Mamoré veio aos 16 minutos do segundo tempo, com o estreante Willian, em jogada de Evandro Russo, o atacante esmeraldino finalizou sozinho.

Nem a pressão de estar atrás no placar fez o Mamoré acordar no jogo. Apático, teve duas únicas oportunidades de gol com Evandro Russo e Marcio Paraíba. O Uberaba continuou pressionando, e só não ampliou o placar por causa das boas defesas de Hugo Mattos que entrou no lugar do goleiro Kaiky.

Nos 15 minutos finais, o time do Uberaba tornou-se mais ofensivo, e conseguiu ser efetivo nas infiltrações. O Zebu voltou a fazer aos 40’ e 46’ minutos com Crispim e Gabriel Duarte.

Ficha Técnica:

Uberaba 4 x 1 Mamoré

Uberaba: Dudu (CA); Rafael (CA) (Gabriel Duarte), Darlan, Linno e Romulo; Luan, Sidney (CA) (Gabriel Vieira), Vitor e Crispim (Rafael Oller); Tiago e Tuxa. Treinador: Robson Alexandre (Alemãozinho).

Mamoré: Kaiky (Hugo Mattos); Felipe Potengi, Gean, Marcio Paraíba (CA) e Nestor (CA); Marcelo Brandao (CA), Pedro (Willian), Luizinho (Igor Potiguá) e André Mococa (CA); Marcos Vinicius e Evandro Russo. Treinador: Wantuil Rodrigues.

Apitou o jogo: Ronei Candido Alves auxiliado por  Marcelo Francisco dos Reis  e Fabiano Jesus da Sliva.

Publicado em:24/02/2018
Autor:Wantuir Silva

Compartilhe:

     


Comentar: