Por aclamação, Adriano Aro é eleito presidente da FMF

Por aclamação, o advogado Adriano Aro foi eleito, nesta quinta-feira (19), presidente da Federação Mineira de Futebol (FMF). Aro assumirá a presidência em junho de 2018 e seguirá no mandato até junho de 2022. Entre os grandes da capital, apenas o Cruzeiro não enviou representante, ratificando sua decisão de não apoiar a escolha de Adriano Aro, atualmente, secretário geral da entidade.

O atual presidente Castellar Guimarães Neto optou por não concorrer à reeleição, mas foi eleito como vice-presidente da chapa. "O Castellar tem outros projetos pessoais. Conversamos no nosso grupo, e entendemos que o meu nome seria o melhor para concorrer", destacou Aro ao Super FC à época do registro da candidatura.

Adriano Aro teve o apoio de 119 dos 123 filiados. Setenta e dois representantes de equipes compareceram à sede da federação, no bairro Funcionários, para depositar seu apoio. Sobre o não apoio do Cruzeiro, Aro explicou que procurou o atual presidente, Gilvan de Pinho Tavares, para conversar.

"Estive pessoalmente com o presidente Gilvan, conversamos, mas, naquele momento, o Cruzeiro estava passando por uma transição na sua administração e nós nos comprometemos, uma vez terminada a eleição do Cruzeiro, de sentar e conversar. A federação está aqui para servir a todos os filiados", explicou.

As metas de Aro para a administração já estão traçadas. Aro quer diminuir os custos dos times pequenos, ajudar os grandes na intermediação com CBF, Conmebol e Fifa e dar mais apoio aos atletas amadores.

"O custo dos campeonatos é algo muito sensível e temos que lutar pelas equipes profissionais. No futebol amador, por ser um esporte recreativo, o desafio é melhorar a estrutura e o gerenciamento de campeonatos, valorizando as ligas amadoras de cada município", destacou.

 

Publicado em:19/10/2017
Autor:OTempo

Compartilhe:

     


Comentar: