CBF adia início da Segunda Fase da Série D

A Diretoria de Competições da CBF informa o adiamento da primeira rodada da Segunda Fase do Campeonato Brasileiro da Série D para o próximo dia 9 de julho. Enquanto aguarda o julgamento de suposta irregularidade de atleta, marcado para a próxima sexta-feira, dia 30 de julho, a CBF torna sem efeito a tabela publicada nesta segunda-feira (26).

A nova tabela com as novas datas e confrontos será publicada após o resultado do julgamento, que poderá impactar em classificados e duelos da competição. As partidas de volta ficam marcadas para o dia 16 de julho. 

O jogador Leandro Gleidson Diniz Seixas, na vitória por 4 a 0 contra o Baré-RR, pela quarta rodada do campeonato. Uma possível punição ao clube paraense mudaria praticamente todos os confrontos do mata-mata definidos no último domingo. Dos 16 duelos, apenas quatro não sofreriam mudanças. As novas datas foram definidas pela CBF para os dias 09/07 (ida) e 16/07 (volta).

Caso seja punido pelo artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), “incluir na equipe atleta em situação irregular”, o São Raimundo-PA pode perder três pontos, além de multa de R$ 100 a R$ 100 mil. O primeiro impacto nos duelos da segunda fase seria a eliminação do time do Pará, classificado como segundo colocado do Grupo A2. Com 10 pontos conquistados, a equipe ficaria com 7 pontos (caso seja condenado) e não teria pontuação suficiente para se classificar.

Como no mata-mata apenas os 15 melhores segundos colocados dos 17 grupos avançam, a Desportiva Ferroviária, do Grupo A13, entraria na vaga por causa do número de gols marcados. Inter de Lages, vice-líder do Grupo A16, continuaria fora.

O regulamento da Série D obedece a ordem crescente da numeração recebida pelos grupos no começo do torneio (1 a 17) para fechar quem enfrenta quem. A saída do São Raimundo-PA, e a entrada do time capixaba trazem assim uma reviravolta na tabela.

Publicado em:29/06/2017
Autor:Por: CBF

Compartilhe:

     


Comentar: