Vencedor da Volta Internacional da Pampulha é brasileiro

Os quenianos tentaram, mas a Volta Internacional da Pampulha tem um rei e o nome dele é Giovani dos Santos. O brasileiro se sagrou tetracampeão da prova com 52m34, depois de um final apertado em que foi pressionado por dois atletas do país africano, na manhã deste domingo (6). "Foi difícil. A estratégia do técnico deles era apertar a partir do quilòmetro 14, mas eles já puxaram desde o 11. Eu tive que manter o ritmo para segurar", confessou Giovani no final do percurso.

No feminino, a corredora Natalia Elisante Sulle, da Tanzânia, foi a grande vencedora, com a brasileira Joziane da Silva Cardoso, que ganhou a prova no ano passado, chegando em terceiro."Por ser uma prova plana, você tem que manter um ritmo forte e veloz o tempo todo, não dá para relaxar. Eu estava bem forte, mas não tão veloz", considerou Joziane.

No masculino, os primeiros 20 minutos da volta, na verdade, foram dominados por outro brasileiro, o atleta do Cruzeiro José da Silva. Ele abriu 200 metros logo de início, num ritmo intenso que não conseguiu manter na segunda metade dos 17,7 km da prova. Foi quando Giovani e os quenianos Joseph Panga e Dickson Cheruiyot assumiram a ponta, numa disputa pau a pau que durou até o final. Panga ficou com o segundo lugar, e Cheruiyot com o terceiro. O brasileiro Solonei Rocha da Silva veio logo em seguida, com 53min22.

Dentre os cadeirantes, Heitor Mariano dos Santos, estreando na prova, foi o vencedor fechando o percurso em 44min33. "É um percurso difícil, com muitas curvas, o que dificulta para a gente, mas estou muito feliz, e agora é rumo a São Silvestre", declarou. No feminino,  a cadeirante Aline dos Santos Rocha levou o primeiro lugar com 45min22.

Publicado em:06/12/2015
Autor:Wantuir Silva

Compartilhe:

     


Comentar: