Real Madrid é excluído da Copa do Rei após escalação de jogador irregular

Espanha - O Real Madrid está fora da Copa do Rei. A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) acatou nesta sexta-feira o pedido do Cádiz, que alegou que o clube da capital espanhol escalou de forma ilegal o atacante russo Cheryshev, autor de um dos gols na vitória por 3 a 1 na última quarta-feira. O clube merengue ainda pode recorrer em ao Comitê de Apelação e depois ao Tribunal Administrativo do Esporte.

O jogador estava suspenso pelo acúmulo de três cartões amarelos da época que estava emprestado ao Villarreal. O Real Madrid alegou que não aconteceu nenhuma notificação do ocorrido.

"Depois de analisar o acontecido com a diretoria, a punição por três cartões amarelos não é eficaz porque ninguém comunicou o jogador como assegura no ponto dois do artigo 41. É um princípio essencial e básico de qualquer lei penal. O Cheryshev, segundo ele mesmo manifesta, ninguém o avisou e, por isso, não é eficaz. Não recebemos nada da RFEF ou do Villarreal. O jogador não sabia de nada", disse o presidente do Real, Florentino Pérez.

Em março, a Federação emitiu um comunicado confirmando que Cheryshev estava suspenso, apesar da eliminação do Villarreal para o Barcelona. O Real Madrid estreou na Copa do Rei nesta quarta e Cheryshev foi titular.

"Iremos ao TAD (Tribunal Administrativo do Esporte) porque há jurisprudência. Se alguém não fez o que deveria ter feito pediríamos desculpas. Mas se o jogador não nos disse, nem a Federação, nem o Villarreal, era impossível saber de algo. Não recebemos a circular do dia 27 de julho, a Federação sabe. Além disso, Rafa Benítez pediu maior atenção ontem (quarta) para que checassem tudo", disse.

Publicado em:04/12/2015
Autor:Wantuir Silva

Compartilhe:

     


Comentar: