Com gol contra a Romênia, Sergio Ramos atinge marca histórica pela Espanha

Campeão da Copa do Mundo pela Espanha em 2010, o zagueiro Sergio Ramos mais uma vez fez história pela Fúria. Com o gol de pênalti na vitória sobre a Romênia, pelas Eliminatórias da Eurocopa, o capitão da equipe se igualou a Míchel como o 10º maior artilheiro da história da seleção, estufando as redes 21 vezes.

Agora, o jogador de 33 anos está há apenas dois gols de alcançar Alfredo Di Stéfano, ídolo argentino que também jogou pela seleção espanhola no final da década de 50. O líder do ranking é o atacante David Villa, que foi o goleador máximo do Mundial da África do Sul ao lado de Wesley Sneijder, Thomas Müller e Diego Forlán, com cinco tentos cada. Pela Roja, o ex-jogador do Barcelona balançou as redes 59 vezes.

O top 10 de artilheiros da Espanha ainda conta com mais um defensor. Na quinta colocação, aparece o ex-zagueiro Fernando Hierro, com 29 gols. Na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, ele comandou a equipe espanhola após a demissão de Julen Lopetegui poucos dias antes do início da competição.

Sergio Ramos ainda deve alcançar outra marca pela Fúria. O zagueiro do Real Madrid está a uma partida de empatar com Iker Casillas como o jogador que mais vestiu a camisa vermelha na história. O ex-goleiro soma 167 jogos pela seleção espanhola. Fonte: superesportes

Compatilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *